5 min read

Quer implementar a tecnologia na sua empresa, mas não sabe por onde começar? Saiba quais são os pontos fundamentais para a verdadeira transformação digital, de acordo com a consultoria IDC

A tecnologia tem traçado novos caminhos para companhias de todos os portes. Hoje, sem ela, uma empresa não sobrevive no mercado. Se a sua ainda está com as portas abertas mesmo sem usar ações digitais, cuidado, ela corre perigo.

“A palavra-chave é velocidade. Se você não aderir à digitalização ou lançar algo novo hoje, o seu concorrente irá amanhã. Tem de estar preparado para o momento e, principalmente, ter estrutura para o crescimento dentro da economia digital”, diz Pietro Delai, gerente de Consultoria e Pesquisa da IDC Brasil.

+ Leia também: O futuro é digital

Além da agilidade em implementar a tecnologia, Delai ressalta a organização como item mandatório. “Sem planejamento, não há ganho. Há empresas que, por falta de alinhamento, não aproveitam todos os benefícios da digitalização após concretizarem projetos digitais. É necessário aproveitar ao máximo o novo”, afirma.

A IDC se baseia em cinco pilares fundamentais para uma jornada digital bem-sucedida. Mas, Delai, vai logo avisando: “Não existe milagre nem tempo predefinido para obter resultados. É um processo; uma melhora contínua”.

+ A transformação é para já

Em conversa com a CWS, o executivo explica cada um dos pontos que, se adotados, vão mudar o rumo da sua companhia. Confira:

Liderança

Se não houver uma transformação que parta de cima, não haverá a verdadeira mudança. Se não houver a ‘causa’, que é essa transformação, não haverá o ‘efeito’, que se aplica à máxima “quem se transformar primeiro, vai colher mais resultados”. É preciso mudar o mindset da organização, ou seja, a mentalidade; a cultura – pontos formados pelos líderes.

De acordo com dados da IDC, um em cada três CEOs das três mil maiores empresas da América Latina tem a transformação digital como base de sua estratégia corporativa.

Até 2022, a economixa digital deve representar mais de 50% do PIB da América Latina, com crescimento impulsionado por ofertas, operações e relacionamentos aprimorados.

De 2019 a 2022, quase U$ 380 bilhões serão revertidos em gastos com TI.

Força de trabalho

Com a digitalização, novas formas de trabalho surgem, entre elas o conceito ‘anywhere office’, onde é possível trabalhar onde estiver, através da internet e de outras ferramentas de comunicação. Novos modelos de contratação e flexibilização vêm com a transformação digital.

Modelo de negócio

A tecnologia permite criar novas formas e modelos que ajudam a economia, como aplicativos de transporte e as tão faladas bicicletas e patinetes compartilhados. Já dentro de uma empresa estruturada, é possível gerar novos meios de distribuição e comunicação, aumentando assim os canais de venda e de contato. Novas oportunidades e áreas de trabalho têm nascido com o digital.

+ Veja mais: O ouro do século 21

Informação

Graças ao poder de concentrar e analisar dados, empresas se tornam mais preparadas para manipular um volume maior de informação e, assim, tomam decisões mais assertivas.

Customer experience

Atender os clientes sem descontinuidade, entregando uma experiência melhor e mais próxima, também é fundamental para a mudança. Com a transformação digital é possível oferecer formas diversificadas de distribuição de produtos e serviços, entendendo a ‘dor’ do consumidor e elevando sua satisfação.

Redação
Redação Autor

Equipe responsável pela produção de matérias, artigos e curadoria de conteúdos e estudos sobre o universo digital.