10 min read

Também conhecido como “clique e retire”, esse modelo de entrega garante benefícios que vão além da redução dos custos logísticos. Saiba mais sobre o modo que mescla o online e o offline

Segundo dados da empresa Rock Content, 82% dos consumidores brasileiros abandonam o carrinho devido ao alto custo do frete. A taxa elevada revela a importância – e a urgência – do varejo em oferecer novas modalidades de entrega. Modelos como Ship from Store e Click and Collect, no entanto, podem ser cruciais para estimular o cliente a finalizar uma compra online.

O Click and Collect, também conhecido como “clique e retire”, mistura o físico e o digital, uma vez que toda a transação é feita online, enquanto a entrega, em uma loja física. Para operar dessa maneira, a empresa precisa apenas destinar uma área ou um balcão para a retirada do item.

A isenção do frete é, sem dúvida, o ponto alto do Click and Collect. O estudo que leva o nome do conceito, elaborado pela empresa americana Bell and Howell, destaca a economia como o principal motivo para os consumidores virtuais aderirem este modo de entrega.

Estudo

Para os consumidores, a economia é o principal benefício dessa modalidade de entrega. Fonte: Bell and Howell

Além de dar fim ao frete e oferecer mais autonomia para o cliente retirar o produto na loja e no horário que quiser, a modalidade garante a experiência omnichannel, permitindo que o consumidor se relacione com a empresa através de diferentes canais. Assim, a marca proporciona uma jornada de compra mais completa e, como consequência, a satisfação e a fidelização de clientes.

“Além de promover a redução do custo logístico, o clique e retire supre as demandas do consumidor que busca conveniência e agilidade, com a realização de compras em formato online e a retirada de produtos sem a ‘burocracia’ de ter que passar por todo processo de compra comum em uma loja”, diz Patricia Cotti, professora do Programa de Varejo da FIA.

Mais vendas

O aumento das vendas também é visto como fator relevante para empresas que oferecem o Click and Collect, já que a visita do cliente na loja gera oportunidades de ativação das estratégias cross sell e upsell. A Renner, uma das principais varejistas de moda do País, percebeu o crescimento com o modelo de entrega.

“A opção retirada na loja representa 30% das vendas online. Desse volume, 10% dos consumidores fazem uma compra adicional quando buscam a mercadoria”, afirmou Laurence Gomes, diretor financeiro e de relações com investidores da Renner, em entrevista à CWS em maio de 2019.

Melhor atendimento

O atendimento, igualmente, é beneficiado, já que, ao buscar por produtos na plataforma, o cliente será atendido pelos estoques localizados na região mais próxima, seja no processo de compra B2B (business to business) ou B2C (business to consumer).

Presente em sua plataforma, a Lavoro, uma das maiores distribuidoras de insumos agrícola da América Latina, ressalta essa vantagem do Click and Collect.

“Muitos clientes querem negociar de maneira digital, mas não querem aguardar o prazo de entrega. Para eles, a possibilidade de buscar o item na loja mais próxima atende perfeitamente, principalmente quando as lojas físicas têm bom espaço para recepção, estacionamento e atendimento, como o nosso caso”, afirma Henry Koibuchi Sakane, Digital Officer da Lavoro.

Para não prejudicar a jornada de compra dos consumidores, a Lavoro chama a atenção para espaços voltados para a retirada de produtos, a fim de não gerar tumulto na loja que aderir este modelo. “Os períodos de alta sazonalidade podem ocasionar filas na retirada ou tempo maior para ser atendido. Para isso não acontecer, nessas épocas nos dimensionamos para atender toda a demanda”, afirma.

Experiência positiva

A isenção do frete, a melhora no atendimento e a praticidade geradas pelo Click and Collect ajudam a melhorar a experiência de compra do cliente e, consequentemente, a imagem da empresa perante os seus consumidores. Pensando nesses pontos-chave, o grupo Rodobens, que atua também no setor de aftermarket automotivo, incluiu a modalidade em sua plataforma.

“O contato com o vendedor ainda é bastante importante para os nossos clientes. Esse modelo de entrega representa uma maneira de manter isso vivo. Estamos vivendo a era do omnichannel, onde a integração traz muitas oportunidades”, diz Lucas Lima, coordenador de e-commerce da Rodobens.

“Ter a capacidade de integrar os ambientes online e offline na nossa operação é algo muito valioso, pois traz a segurança que o cliente precisa, sem deixar de atender às suas necessidades”, diz.

Redação Autor

Equipe responsável pela produção de matérias, artigos e curadoria de conteúdos e estudos sobre o universo digital.

Gostou do texto?

Tem alguma observação ou pergunta para colaborar com a discussão?
Deixe abaixo nos comentários.

Fique atualizado com todos os nossos conteúdos